21 de agosto de 2016

Quer conhecer a Londres? Faça os 10 caminhos literários desde Jane Austen até Karl Marx



Olá pessoal,

Hoje trago à vocês uma post super legal e que eu espero que vocês consigam traçar todos os caminhos propostos e que conheçam à Londres de uma maneira interativa.

A editora Penguin postou um artigo que mostra como explorar a cidade de Londres através da literatura.

Isso com certeza é uma experiência bem diferente, pois a proposta é ler cada livro e se sentir como se estivesse na cidade mesmo.

O artigo mostra o lugar onde se passa a história de cada livro, fazendo com que cada pessoa saiba exatamente o local da narrativa.

Espero que vocês trilhem esses caminhos de um jeito que só a literatura pode fazer.

Boa leitura.



1- Jane Austen

No verão de 1813 ficou com seu irmão na Rua Henrietta , nº 10. Seus alojamentos eram "toda a sujeira e confusão", mas "muito promissor".

Encontre a casa bem no meio da loja de campismo "Covent Garden" e depois visite a escrivaninha e os óculos de Austen na "British Library".


A entrada é essa portinha amarela.

1 de agosto de 2016

Pintura de lombadas de livros na escada ou Escada de livros


Olá pessoal,

Uma moradora de Liverpool decidiu renovar a casa e começou, adivinha por onde??

Pela escada.

Após ter se mudado para a sua casa própria, Pippa Branham teve uma grande ideia inspirada pelo Pinterest. Ela decidiu pintar cada degrau da sua escada com seus livros favoritos.

Ela fez uma lista que no total foram 13 livros, ou seja 13 degraus à serem pintados.

Ela conta que queria deixar a escada mais segura para sua filha, Abigail, e então logo pensou em carpete. Depois de pesquisar os valores dos carpetes, percebeu que não iria gastar menos do que 200 euros. Mas ela precisava achar uma outra solução, pois o valor estava alto.

Foi aí que ela teve uma inspiração olhando o site do Pinterest, que é uma site de imagens, onde a fez pensar de uma maneira que fizesse com que a casa nova tivesse a sua marca, seu estilo.

Depois de uma longa pesquisa das lombadas dos livros, veio o trabalho pesado de 35 horas distribuídos em 6 semanas, qual Pippa acabou economizando, pois ao todo, o trabalho saiu por 180 euros e foi divertido.